sábado, 15 de julho de 2017

Robôs sexuais: Uma nova forma de pornografia que preocupa os cientistas

Pare, leia e Pense!

Algumas empresas do tipo já estão fabricando bonecas sexuais com aparência infantil com a justificativa de que elas poderiam ser usadas como "terapia sexual" para pedófilos.
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Algumas empresas do tipo estariam fabricando robôs sexuais com aparência infantil com a justificativa de que elas poderiam ser usadas como “terapia sexual” para pedófilos.
Noel Sharkey, professor emérito de robótica e inteligência ida Universidade de Sheffield (Reino Unido), acredita que essa é uma pergunta que a sociedade tem de responder – e logo. Ele acaba de publicar um relatório por sua Fundação por Robótica Responsável (FRR, na sigla em inglês), no qual compartilha suas preocupações sobre os robôs criados para fins sexuais – e diz que a sociedade deveria levar em conta o impacto de todos os tipos de robôs.
Sharkey afirma que não há muitas empresas que fabricam esses bonecos. Todavia, ele teme que o recente avanço da robótica pode mudar esse panorama.
A ideia do estudo, intitulado Nosso futuro sexual com os robôs, era justamente a de chamar a atenção para uma questão que, de acordo com o especialista, não foi discutida suficientemente até agora.
Sharkey diz que é difícil descobrir quantas pessoas possuem esse tipo de equipamento, pois as fabricantes não revelam dados sobre as vendas dos produtos.
“Precisamos de legisladores em investiguem o tema e que a população decida se essas relações são aceitáveis e permitidas. Temos que pensar, como sociedade, o que iremos fazer sobre isso. Eu não tenho respostas, apenas formulo as perguntas”, diz o especialista.
Bonecas que parecem crianças
Algumas empresas do tipo já estão fabricando bonecas sexuais com aparência infantil com a justificativa de que elas poderiam ser usadas como terapia sexual para estupradores e pedófilos, mas o tema envolve muita polêmica.
O canadense Kenneth Harrison foi acusado de pornografia infantil depois que uma boneca que ele havia comprado foi interceptada no aeroporto. Ele adquiriu o brinquedo da empresa japonesa Ilamada Harumi Designs, que está no radar das autoridades canadenses.
Harrison se declarou inocente e o julgamento está em andamento. Em alguns países asiáticos, já existem bordéis com bonecas desse tipo. Também há relatos sobre um fabricante desses brinquedos em Barcelona.
Kathleen Richardson, especialista em ética na robótica da Universidade de Montfort, no Reino Unido, é da opinião de que robôs sexuais semelhantes a crianças deveriam ser proibidos – mas não vê razões para banir todas as bonecas voltadas ao sexo.
Pornografia e isolamento social
Em entrevista à BBC, Richardson disse achar que “o verdadeiro problema não são as bonecas, mas sim o comércio sexual. Os robôs sexuais são apenas mais um tipo de pornografia”.
Ela acredita que esse tipo de objeto “sem dúvida, aumenta o isolamento social”. No entanto, ela critica o relatório de Sharkey por ter usado, na capa do estudo, uma foto de um robô masculino, o que poderia passar uma noção – falsa, para ela – de que esse mercado não distingue gêneros.
“Por que o relatório tem uma imagem de um robô do sexo masculino na capa, quando sabemos que o mercado de bonecas é principalmente do sexo feminino?”, questiona.
“Isso serve para perpetrar a noção de que o mercado é neutro, mas a verdade é que não há muitas mulheres que compram esses bonecos. Esse mercado em grande parte é impulsionado por pensamentos de homens e sexualidade masculina”, diz.
Pornografia e desumanização
A forma mais comum de pornografia não é mais aquela menina nua na tela de descanso do computador ou em um canto escondido na banca de revistas. Hoje a pornografia está por todos os lados, nos outdoors, nos comerciais de TV, nas novelas e no seu smartphone, literalmente à distancia de um clique.
Acontece que a pornografia é destrutiva e má, pois tira da mulher o status que Deus tem dado a ela: o de portadora da imagem de Deus. E a pornografia é destrutiva e má porque eleva o status do homem não como um portador da imagem de Deus, mas como ele mesmo sendo um pequeno deus, que pode fazer o que quer com uma mulher. Não existe romance na pornografia, apenas dominação masculina. Não há preocupação sequer com o prazer feminino; na pornografia, a mulher é um simples objeto que o homem utiliza na busca do seu prazer.
Pornografia faz as mulheres serem escravas dos homens. Ela desumaniza, ao não se preocupar com os sentimentos femininos. Ela desumaniza e desperta o que há de pior no ser humano, levando as criaturas de Deus a tratarem umas as outras como animais.
Finalmente, a pornografia revela o grau mais baixo do profundo abismo da degradação humana. É o pecado como forma de diversão, de entretenimento, e a busca do prazer sem importar as consequências físicas, emocionais e espirituais que isso possa trazer.
Redação Consciência Cristã News
Imagem: BBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...