terça-feira, 13 de junho de 2017

8 maneiras de viver missionalmente no trabalho

mulheres-conversando-escritorio-45141










Para ser honesta com você, estou lutando para descobrir como colocar isso no papel… Nos últimos meses, o Senhor trabalhou de um jeito tão inacreditável que tudo o que consigo pensar em fazer para descrever isso é pular para cima e para baixo de alegria, gritando “Jesus é tão LEGAL!
Deus mostrou-me tanto sobre evangelismo e sobre como ser a luz de Cristo diariamente.
Fui desafiada a repensar completamente o que significa viver missionalmente, especialmente em um ambiente secular. O que se segue é minha frágil tentativa de expressar 8 maneiras como você pode viver missionalmente em seu local de trabalho:
  1. Reconheça que Deus o colocou onde você está por uma razão.

    Primeiramente, devemos ver o lugar em que atualmente estamos como nosso campo missionário. Eu costumava considerar o ministério na igreja como meu campo missionário, mas nunca fui além das portas. Eu serviria por algumas horas na igreja e, quando fosse embora, minha vida se trataria de novo sobre mim. Era como bater ponto no trabalho. Isso não é bíblico. Todo lugar em que nossos pés tocam devem ser um vaso usado por Deus. Você pode imaginar se o ministério de Cristo começasse e terminasse no templo?
    No ano passado, meu marido deixou de passar muitas horas por semana no escritório da igreja para passar 40 horas por semana como um funcionário novato de um armazém. Ele deixou de estar cercado por homens piedosos e música cristã e passou a estar cercado por queixas, negatividade, fofoca e homens cheios de desesperança. Foi uma mudança e tanto, mas definitivamente uma experiência maravilhosa.
  2. Pense relacionalmente e a longo prazo; nada acontece do dia para a noite.

    Deus às vezes faz grandes coisas imediatamente, mas, na maioria das vezes, Deus trabalha através de relacionamentos genuínos de longo prazo. Minha maior derrota é quando estou completamente entusiasmada para ver alguma coisa acontecer e, em seguida, destruída quando parece que nada está acontecendo ou quando luto com o sentimento de ser um fracasso épico. Deus está nas pequenas coisas. Deus está trabalhando nas simples, aparentemente mundanas, conversas entre colegas de trabalho. Só porque você sente que seus esforços não produziram frutos não quer dizer que eles não tenham produzido. Quando tudo o que fazemos ou dizemos está submetido ao Senhor, Ele tem poder para redimir até nossos erros mais bobos.
  3. Conserve um caráter e atitudes piedosos em relação ao trabalho e aos colegas de trabalho.

    Haverá dias em que você estará lutando para não ficar frustrado ou irritado; no entanto, conservar um caráter e atitudes piedosos é essencial para fazer do seu trabalho um campo missionário. Tenha uma forte ética de trabalho, faço seu serviço com excelência o tempo todo – não apenas quando você quiser. Faça algo para facilitar a vida dos seus colegas também. Isso salta à vista porque a maioria das pessoas em um ambiente de trabalho só fazem coisas por elas mesmas. Seja uma pessoa de integridade, sendo honesto e evitando fofoca ou maledicência. Diga a si mesmo que seus esforços não serão vistos, porque em 80% do tempo eles não serão; para sua informação, no entanto, humildade é uma característica piedosa que é exposta em nós quando estamos dispostos a andar mais uma milha sem ganho aparente.
  4. É Deus quem muda corações, não nós.

    Quando cercado por um ambiente difícil, você deve vestir a armadura completa de Deus diariamente. Manter sua mente focada em Colossenses 3:23, que diz: “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens…”. Sua ética de trabalho, sua fala, sua atitude, suas interações devem estar ligadas a Cristo como um reflexo Dele. No entanto, não podemos ter a mentalidade de que nossas ações têm qualquer poder de mudar alguém – esse é um poço de vaidade, vazio, dentro do qual podemos cair rapidamente. Contanto que saibamos que efetivamente recebemos plena autoridade de Cristo em nossos relacionamentos no trabalho, podemos ser pacientes com o tempo Dele. Nossos corações precisam dizer ‘Deus, eu vou me submeter ao Teu tempo’. Determine que, enquanto você estiver nessa posição, cada momento seu será um sacrifício a Cristo.
  5. Ore!

    As Escrituras nos dizem para orar sem cessar. Isso obviamente não significa que em cada momento acordado devemos estar de joelhos, com nossos olhos fechados e mãos unidas, mas sim que nós devemos estar constantemente em um estado de oração ao longo do nosso dia. Devemos orar por nossos colegas antes de ir trabalhar, e sempre pedir a Deus para abrir as portas para que ministremos e sirvamos.
    Se sabemos de necessidades específicas de nossos colegas de trabalho, devemos orar por elas. Também devemos estar dispostos a orar com nossos colegas. Isso é embaraçoso. Não sei ao certo porque isso é sempre tão difícil, mas é, de longe, a coisa mais poderosa que podemos fazer. Apesar do constrangimento, as pessoas ficam genuinamente gratas que alguém se importe o bastante para orar com elas e por elas bem onde estão. Isso lhes mostra que falamos sério a respeito do que Deus pode fazer sobre a situação delas, e sobre nossa fé para confiar Nele. Precisamos permitir que o espírito nos conduza na hora e local apropriados para isso. Precisamos considerar quaisquer regras ou diretrizes em nossos locais de trabalho. Pode ser mais benéfico convidá-las para um almoço ou café particular. Como Deus usa isso muitas vezes depende das relações de longo prazo que estamos cultivando.
  6. Veja cada interação como uma oportunidade

    Todo local de trabalho tem aqueles colegas que você preferiria evitar. Eles te dão nos nervos por qualquer razão, e você odeia o fato de que eles calham de ficar logo perto de você. Na verdade, talvez Deus tenha colocado você perto deles por uma razão. Talvez Ele queira que você seja a pessoa que vai alcançá-los. As coisas neles que irritam você provavelmente também irritam outros, então, se você não se aproximar deles, quem vai? Precisamos entender que Deus é um Deus soberano e que providencialmente colocou pessoas no seu caminho. Não esbarramos com pessoas todos os dias por acidente. Uma vez que começamos a ver o dia a dia dessa maneira, isso irá mudar completamente o modo como pensamos sobre evangelismo. Veremos cada interação como uma oportunidade de compartilhar sobre Cristo de alguma forma.
  7. Busque maneiras práticas de servir.

    Ser missional no local de trabalho não significa andar por aí pregando o dia todo, ou mesmo falando às pessoas sobre Jesus toda vez que abrimos a boca. As pessoas conhecerem sobre Jesus deve ser o objetivo final, mas há muitas maneiras de mostrar o amor de Cristo sem assustá-las. Seja verdadeiro. As pessoas veem um falso de longe. Se você não é genuíno, você não serve para se relacionar. As pessoas precisam saber através desses relacionamentos que você se importa com elas onde estão e não está apenas querendo “acrescentar mais um troféu à nossa prateleira cristã”. Recentemente, no trabalho do meu marido, eles passaram a receber a cada duas semanas, em vez de uma. Essa foi uma mudança significativa para muitos dos colegas de trabalho dele.
    Decidimos fazer sanduíches um dia e levá-los para distribuir gratuitamente. A iniciativa deu muito certo, abriu a porta para muitas conversas e deu a ele a oportunidade de compartilhar o evangelho com vários colegas. Cada momento que servimos aos outros sem esperar nada em troca ficará marcado, e deve ser o mais natural possível quando se trata de mostrar o amor de Cristo na prática.
    Enquanto esposa e mãe ‘do lar’, meu trabalho foi orar por meu marido. Orar para que o Senhor aumente a liderança dele. Orar para que o Senhor ajude-o a cultivar amizades e orar por maneiras de encorajá-lo.
  8. Finalmente, e mais importante:

    Tudo que foi posto acima é apenas uma lista de aplicações práticas que eu e meu marido vimos Deus abençoar ao longo do ano passado. Não considere tudo isso como uma lista de obrigações.Submeta-a ao Senhor em oração e trabalhe com Ele. Várias vezes antes me peguei tentando armar um show de talentos para o Senhor, fazendo boas obras para deixá-lO feliz. Isso é tolice. Você não acha que meu criador já sabe bem dos talentos com os quais me equipou? Fazer a obra de Deus sem Ele é infrutífero.
Ele se deleita em nos mostrar Seu poder.
Você consegue imaginar se eu tivesse uma filha de dois anos, toda suja de lama, que resolvesse me surpreender lavando roupa para mim? A sujeirada que eu teria que limpar? Mas você pode imaginar as preciosas memórias que formaríamos juntas se eu a limpasse e mostrasse a ela como lavar roupa comigo. Quero tempo com minha filha. Eu não gostaria de perder esses momentos preciosos com ela, e mesmo assim nós frequentemente, inconscientemente roubamos de Deus esses momentos conosco. Sem ter um relacionamento íntimo com Cristo, sem Ele a nos mostrar onde está trabalhando e a nos convidar a nos unirmos a Ele em sua obra, como poderíamos tentar fazer Sua obra?
Eu queria poder compartilhar com você tudo o que vi Deus fazer no ano passado, mas mal posso esperar para ouvir o que Deus fará nos seus relacionamentos de trabalho no ano que vem! Que Deus abençoe cada um de vocês que submetem seus caminhos ao Senhor!
Por: Melissa Bradley
Tradução: Jéssica Gusmão
Fonte:Fazendo tendas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...