quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

“Cristiãos não devem deixar de ir à igreja pra ouvir sermões em casa”, diz Billy Graham


De acordo com o evangelista, você está perdendo a oportunidade de fazer parte da obra de Deus e de compartilhar suas experiências com outros cristãos.
Os cristãos não devem deixar de ter comunhão na igreja, diz o evangelista Billy Graham. Se você tem costume ouvir sermões na televisão ou na Internet, você vai perder a oportunidade de fazer parte da congregação e se juntar aos seus irmãos.
O evangelista abordou a questão em resposta a uma pergunta de um leitor, e a resposta de Graham foi publicado no site da Associação Evangelística Billy Graham, em 14 de janeiro.
O leitor confessou que ele não gosta de assistir cultos e questionou o fato de que ele gostaria de assistir os sermões na TV, já que mostram as mesmas mensagens pregadas na congregação.
Em resposta, Graham disse que a importancia da transmissão dos cultos na TV, beneficia os idosos e pessoas com problemas de saúde, “eles querem ouvir a Palavra de Deus”, diz. No entanto, embora seja a mesma mensagem nos meios comunicação e na igreja, um cristão pode perder muito por escolher ficar em casa.
Ele está perdendo a oportunidade de fazer parte da obra de Deus e compartilhar seu aprendizado com outros cristãos, de acordo com o evangelista.
Citando Hebreus 10: 24-25, ele lembrou o que a Bíblia diz às pessoas: “E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras,
Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia”.
“Você pode perder a oportunidade de servir a Cristo, juntamente com outros cristãos”, disse Graham. “Uma igreja vital não é aquele que só olha para dentro, mas também olha para fora e tenta servir aos outros em nome de Jesus.”
Em 2012, o líder do Seminário Teológico Batista do Sul, Albert Mohler, também expressou pesar pelas pessoas que não estão mais presente nas igrejas para se alimentar da palavra, porque eles preferem fazê-lo a partir de uma plataforma digital. “Embora seja bom usar a tecnologia, isso pode difundir o Evangelho, porque ela também permitindo que muitos substituam a comunhão da igreja”, diz ele.
Mohler sempre lembra que Jesus disse que seus seguidores devem reunir-se muitas vezes, em comunhão. “Através da frequência à igreja, os cristãos podem aproximar uns dos outros, com a tecnologia não podem fazê-lo”.
Com informações NC
Imagem: Reprodução web

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...