sábado, 26 de novembro de 2016

Mais de 75% dos cristãos na Coreia do Norte não sobrevivem à perseguição

Segundo o documento anual do Banco de Dados dos Direitos Humanos da Coreia do Norte (NKDB), uma organização não-governamental, mais de 75% dos cristãos perseguidos no país não conseguem sobreviver. Os registros de liberdade religiosa da Coreia da Norte mostram que cidadãos pegos praticando religiões não aprovadas são punidos com a prisão ou a morte. Algumas das vítimas aguentam torturas com baterias até que elas percam o controle do movimento de seus intestinos.
A NKDB determinou seus dados através de entrevistas com 11,730 norte-coreanos que conseguiram fugir do país autoritário. Quase todos os entrevistados afirmaram que não há liberdade religiosa na Coreia do Norte, e 98% deles disseram que não há locais públicos de adoração exceto em Pyongyang, onde os lugares são apenas para turistas verem.
Do número de casos de perseguição, foi descoberto que 18% dos cristãos perseguidos no país morrem diretamente pelas mãos do governo. Os desertores também afirmaram que 80% dos indivíduos perseguidos têm de sumir do mapa e acabam desaparecendo de vez.
No último mês a organização Christian Solidarity Worldwide (CSW) divulgou um relatório expressando grande preocupação com a situação dos Direitos Humanos na Coreia do Norte. O grupo disse que o abuso do regime no país contra seus cidadãos continua sem nenhum sinal de diminuição. A CSW recomendou criar uma Comissão de Inquérito das Nações Unidas para investigar os crimes contra os Direitos Humanos cometidos pela Coreia do Norte.
Os abusos incluem violações dos direitos dos cidadãos à comida, vida, liberdade de crença ou religião, liberdade de expressão, e liberdade de movimento. As violações acontecendo dentro de campos de prisões também são preocupantes. O relatório da CSW também documenta a tortura, detenção arbitrária, discriminação, e tratamento inumano que os cristãos sofrem nas mãos do Estado. Desaparecimentos forçados – incluindo sequestros de estrangeiros – também são detalhados no relatório.
Redação CCNews
Com informações do Christian Daily

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...