quarta-feira, 12 de outubro de 2016

“IGREJA UNIVERSAL” PRETENDE CONSTRUIR NOVA RÉPLICA DO TEMPLO DE SALOMÃO, AGORA EM BRASÍLIA


Partilhar3


A Igreja Universal do Reino de Deus tem apostado em megatemplos para concretizar seu plano de expansão no segmento neopentecostal, que hoje tem figuras bastante populares como Agenor Duque e Valdomiro Santiago, os quais tem provocado um verdadeiro racha na igreja do bispo. Para inclinar novamente a balança a seu favor, Macedo pretende erguer uma nova réplica do Tempo de Salomão no Distrito Federal.

Aquisição milionária

A construção do novo megatemplo da Universal ainda não foi oficialmente anunciada, porém informações do jornalista Guilherme Amado, do jornal O Globo, asseguram que a denominação fundada por Edir Macedo acaba de adquirir um terreno em Taguatinga, cidade-satélite de Brasília, por R$ 90 milhões.

“Edir Macedo comprou um gigantesco terreno em Taguatinga, cidade satélite de Brasília, para construir o segundo Templo de Salomão, em uma versão um pouco menor do que o de São Paulo, inaugurado há dois anos”, informou Amado. “O chefe da Universal pagou R$ 90 milhões”, acrescentou o jornalista.
Sincretismo

A igreja Universal do Reino de Deus ficou conhecida nas primeiras três décadas de sua fundação, pela mistura de elementos do cristianismo com crenças de matriz africana, como umbanda e candomblé, por exemplo. No entanto, a igreja tem dado uma guinada ao judaísmo, mesclando elentos judaicos na sua antiga fé.

Luxo e extravagância

A atual sede da igreja, que fica no bairro do Brás, em São Paulo, foi erguida ao custo de R$ 685 milhões, e levou quatro anos para ser concluída. Na época, Macedo ordenou a importação de pedras de Israel para a fachada, e a reprodução de detalhes do culto judaico, como por exemplo a Arca da Aliança e o menorá.

O megatemplo de São Paulo tem capacidade para 10 mil pessoas sentadas, e um dos caprichos de Edir Macedo foi a instalação de 10 mil lâmpadas de LED no auditório, uma sobre cada assento.

Crescimento vertiginoso

Em 35 anos a Igreja Universal passou de um galpão de uma antiga funerária no Rio de Janeiro para 172 países. Hoje a denominação conta com 4.748 templos e 9.660 pastores somente no Brasil, além de ser proprietária da segunda rede de televisão em audiência. Pode-se dizer que a IURD é hoje a maior multinacional do país.

Uma Seita maligna

Não devemos, no entanto, atentar para o crescimento da IURD ao passo que esquecemos seus problemas éticos e doutrinários. Nem tudo o que reluz é ouro, e a Igreja Universal do Reino de Deus não é pode ser considerada uma igreja protestante ou mesmo evangélica, por não ter nenhuma relação teológica, confessional ou ética com qualquer das expressões da Reforma. Trata-se mais bem de uma seita para-protestante, cuja expansão em nada contribui para a pregação do evangelho em nosso país ou no mundo.

O fato de que algumas pessoas que “se converteram” na Igreja Universal são genuínos cristãos não está relacionado à igreja em si, mas à ação soberana de Deus que converte e atrai para si mesmo aqueles que estão afundados na mais escura idolatria. Tais cristãos não são salvos por causa da IURD, mas à pesar dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...