quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Lutero: Reformador Destemido

.



Quando tudo parecia perdido, eis que Deus levantou um homem de coragem e bravura para trazer o seu povo de volta às Escrituras, seu nome? Martinho Lutero.

"Sou rude e impetuoso ao lutar contra inúmeros monstros e demônios. Nasci para remover os tocos e as pedras, para podar os cardos e abrolhos, para arrancar os espinheiros e limpar as matas selvagens". (Martinho Lutero)

Neste vídeo o Rev. Dorisvan Cunha narra uma breve história do reformador Martinho Lutero. Assista:



***
Autor: Rev. Dorisvan Cunha
Fonte: Guerra pela Verdade
Divulgação: Bereianos
.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

LINGUAGEM APONTA PARA O DECLINIO DA CIVILIZAÇÃO

Por Wesley Moreira


Estudo de análise de palavras usadas em mais de 1,5 milhões de livros publicados entre 1800 e 2000, publicadas no jornal The Telegraph revelou como os valores culturais mudaram e estão em declínio.

Os pesquisadores descobriram um aumento no uso de palavras como "escolher", "alcançar" e "tomar" nos últimos dois séculos, enquanto palavras como "agradecer" e "dar" diminuiu.

Houve também uma indicação de que as pessoas na sociedade moderna estão mais em contato com suas emoções e menos propensas a agir do que eram antes - o uso da palavra "sentimento" aumentou, enquanto "agir" diminuiu. Uma clara alusão ao fenômeno do vitimismo que pragueja a sociedade atual, onde lamentar suas dores e exigir ajuda vale mais que se levantar e enfrentar a vida com coragem. O vitimismo é um movimento que busca inventar ou dramatizar histórias e imagens, usualmente invertem as exceções pelas regras e frequentemente manipulam estatísticas afim de criar simpatia da população pela causa apresentada. O intuito é tirar proveito político e financeiro da situação ao se apresentarem como representantes únicos das supostas vítimas.
sociedade cresce mais egoísta a medida que prospera, enriquece e se torna mais urbana. Entendo por esse resultado que as doutrinas e ideologias ensinadas subliminalmente e indiretamente ao povo através das instituições de ensino tem falhado na sua proposta de ser a "nova moral". 

A professora Patricia Greenfield da Universidade da Califórnia em Los Angeles, que conduziu o estudo, disse: "Esta pesquisa mostra que houve um longo deslocamento histórico nos ultimos dois séculos  do funcionamento psicológico do indivíduo.

"O aumento atual do individualismo não é algo recente, mas vem acontecendo há séculos quando mudamos de uma sociedade predominantemente rural de baixa tecnologia para uma sociedade predominantemente urbana high-tech" disse Patricia Greenfield. Porém essa não é a única causa, a mesma pesquisa aponta para o declinio da linguagem considerada religiosa, e a queda pelo interesse por livros cristãos. O estudo de Patricia Greenfield também mostra que o aumento das palavras com foco egocêntrico como "eu", "individual", "único", "meu" está diretamente relacionado com o declinio do uso de palavras religiosas, como "obediência", "oração", "autoridade", "pertencer" e "família" que diminuiram em seu uso ao longo do mesmo período de 200 anos. E mesmo que a Bíblia ainda seja o livro mais vendido, há um declínio constante nas vendas de Bíblia a cada ano segundo a American Bible Society que em uma pesquisa em 2014 mostrou que apesar da Bíblia estar firmemente enraizada em solo americano, 88% dos americanos possui em média 4 Bíblias em casa, 61% confessaram que não lêem a Bíblia.

Mesmo que confundam, egoísmo e individualismo não são a mesma coisa. Ações individuais como escrever um livro, inventar, pintar, trabalhar, beneficiam a todos, ou a muitos. A ação individual do trabalho de um pai sustenta toda uma família. O egoísta por sua vez pode trabalhar em grupo, mas para si mesmo, e usará o grupo para seu fim pessoal. O que o estudo revela é o aumento do egocentrismo, fruto de décadas de propaganda anti-cristã.

O humanismo, base de todas as tendencias ideológicas que guiam a sociedade atual, é a crença de que o valor potencial e bondade dos seres humanos faz desnecessário a figura de Deus para o suprimento das necessidades humanas comuns, e buscar formas exclusivamente racionais de resolver problemas humanos. Observem o mundo a sua volta, o humanismo fracassou em sua tentativa de substituir o cristianismo como pedra de esquina da civilização ocidental.


Observadas as datas e a tendência há uma relação direta entre a queda do cristianismo e o aumento do egoísmo. A diminuição gradual da influência do cristianismo contrasta diretamente com o crescimento das ideologias humanistas. Nunca houve um domínino tão grande do discurso de igualdade na história e nunca a civilização esteve tão confusa, tão fragmentada e tão dividida como em nossos dias. O fato é que Deus foi excluído ou pelo menos relativizado culturamente em nossa civilização o que produziu um efeito contrário ao previsto nesse discurso ideológico que ainda prevalece hegemônico nas instituições educacionais. E logo, como as instituições de ensino se dedicam em doutrinar os filhos contra a fé dos pais, essa nova geração que ocupará os cargos no poder público, como juizes, governadores e prefeitos, serão os algozes da geração de seus pais. Em breve veremos o cumprimento literal das palavras de Jesus:

"Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o filho e seu pai, entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra, assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim, não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim; e aquele que não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim. O que acha a sua vida, perdê-la-á; mas o que perde a sua vida por minha causa, achá-la-á."
(Mateus 10:34-39)

fonte: The Telegraph

Uma Breve História da Reforma

.



Neste vídeo o Rev. Dorisvan Cunha narra uma breve história da Reforma Protestante. Assista:



***
Autor: Rev. Dorisvan Cunha
Fonte: Guerra pela Verdade

A maldição da esposa piedosa

.



Eu tenho visto isto com bastante frequência. Ele é o homem que raramente toma a liderança da sua casa. Ele é o homem que quase nunca reúne a família para os devocionais. Ele é o homem que se sente estúpido quando pergunta para a sua esposa se ele pode orar por ela, ou, quando pergunta se ela gostaria de se sentar e ler a Bíblia com Ele. Ele é o ser que parece ter medo de ser piedoso.

Por que ele é assim? Em muitos casos, é porque a sua esposa é mais piedosa - mais piedosa do que ele. Pode ser que ela seja cristã por mais tempo. Pode ser que ela tenha um conhecimento mais profundo da Bíblia. Pode ser que ela tenha lido mais livros e ouvido mais sermões. Pode ser que ela seja aquela que ama estudar a Bíblia e cujo coração palpita quando ela adiciona um novo termo ao léxico teológico dela. E quando ele se compara a ela, se sente inadequado. Ele se sente uma farsa. Ele se sente envergonhado de fazer aquilo que ele sabe que deveria fazer. Ele acha mais fácil não fazer nada.

Você percebe o que ele está fazendo? De alguma forma ele fez da maturidade espiritual da sua esposa um problema. Ele entrou em algum tipo de competição com ela que fez do amor que ela tem pelo Senhor um obstáculo. Ele passou a ver a piedade dela como uma maldição ao invés de uma bênção, como se ele tivesse sido amaldiçoado com uma esposa piedosa.

Meu amigo, se esse é você, você precisa saber que entendeu tudo errado. Nenhum marido ou pai lidera porque ele é digno disso. Ninguém é adequado para esta tarefa. Todos nós ficamos aquém de várias formas. Todos os dias, cada um de nós vai além do limite das nossas capacidades. Nós não temos a capacidade para isso. Mas nós devemos fazer da mesma forma.

A solução é não desistir. A solução é parar de não fazer nada. A solução é fazer - fazer aquilo que Deus chamou você para fazer apesar dos seus medos e apesar dos seus receios. A solução sempre é a simples obediência.

Alegre-se pela piedade da sua esposa, e agradeça a Deus por um dom tão precioso. Celebre isso buscando piedade na sua própria vida. Você não precisa ser um teólogo brilhante ou um renomado erudito na Bíblia. Você não precisa ler As Institutas. Você não precisa ser mais piedoso do que sua esposa. Você precisa apenas reconhecer o seu pecado e inadequação, e fazer aquilo que Deus chamou você para fazer. E tudo isso começa com a admissão da sua completa inabilidade para fazer a menor das coisas a parte da força de Deus.

***
Autor: Tim Challies
Fonte: Tim Challies Website
Tradução: Thiago McHertt
Via: Veritas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...